Setor de laticínios tenta limitar importação de produtos uruguaios

28/09/2016
Imagem retirada de http://www.belasantacatarina.com.br/produto/alimentos_bebidas/21/laticinios
Imagem retirada de http://www.belasantacatarina.com.br/produto/alimentos_bebidas/21/laticinios

Representantes do setor de laticínios irão a Brasília em outubro para reunião com o governo federal com o intuito de limitar as importações de lácteos do Uruguai. A decisão foi tomada em reunião ontem, na sede do Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados do Rio Grande do Sul (Sindilat), em Porto Alegre.

O pedido, que vem sendo encaminhado nos últimos meses, é visto pelo setor como estratégico para regular o mercado brasileiro, onde os preços do leite entram em declínio em função do aumento da oferta. Segundo o presidente do Sindilat, Alexandre Guerra, a estratégia é estabelecer uma espécie de gatilho que libere a importação apenas em alguns momentos do ano. "Precisamos dessa ferramenta para manter a viabilidade das indústrias e do produtor", salientou, lembrando que a deliberação tem apoio do Conseleite.

Também foram discutidas propostas a serem remetidas ao Agro Mais Gaúcho de forma a desburocratizar o setor lácteo no Estado. As empresas montaram grupo de trabalho para debater a questão e compilar, até o dia 3 de outubro, os apontamentos do segmento.

Fonte: Jornal do Comércio

Faça um comentário
Imprimir

Avaliar

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Resultado da Avaliação:

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
0

Deixe o seu comentário:

Indique a um amigo: