Preços do açúcar e do etanol começam outubro em baixa

02/10/2014
Ambrozjo, SXC
Ambrozjo, SXC

Os preços do açúcar e do etanol começaram o mês de outubro em baixa tanto dentro como fora do País. Na bolsa de Nova York, o açúcar no vencimento março/15, desvalorizou 41 pontos, com negócios firmados em 16,04 centavos de dólar por libra-peso. Nos demais vencimentos a commodity também fechou em baixa, com quedas entre 10 e 33 pontos conforme a tela de vencimento.

Analistas consultados pelo jornal Valor Econômico, destacaram que as baixas em Nova York são consequência da "percepção de estoques ainda elevados no mundo e sob pressão da alta do dólar. As entregas dos lotes de outubro foram as menores desde 2011, o que sinaliza que a demanda pode voltar em breve. Além disso, a Tailândia também conseguiu vender volumes significativos de seu produto no mercado físico. Porém, analistas avaliam que ainda há muito açúcar disponível entre vendedores e compradores".

O mercado de Londres também se desvalorizou ontem, no primeiro pregão do último trimestre de 2014. A desvalorização chegou a 6 dólares por tonelada no vencimento março/15. Para a primeira tela, com vencimento dezembro/14, o açúcar fechou em US$ 418,50 a tonelada, queda de 3,80 dólares no comparativo com a véspera.

Mercado interno
No mercado doméstico, o açúcar cristal vendido pelas usinas paulistas também sofreu retração nos preços. O indicador Cepea/Esalq teve queda de 0,24%, e negócios firmados em R$ 45,46 a saca de 50 quilos.

Etanol
Os preços do etanol hidratado medidos pela Esalq/BVMF também fecharam em baixa no mercado paulista. O metro cúbico do biocombustível foi comercializado a R$ 1.093,00, retração de 0,05% no comparativo com a véspera.

Fonte: Biocana, com informações de Agência Udop, escrita por Rogério Mian

Faça um comentário
Imprimir

Avaliar

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Resultado da Avaliação:

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
0

Deixe o seu comentário:

Indique a um amigo: