Fevereiro começa com açúcar caindo 57 pontos em Nova York

04/02/2015
Maria Kaloudi, SXC
Maria Kaloudi, SXC

Nesta segunda-feira (2), os preços do açúcar despencaram mais uma vez na bolsa norte-americana. No vencimento março/15, a commodity foi cotada a 14,22 centavos de dólar por libra-peso e forte retração de 57 pontos. No lote maio/15, a queda foi de 55 pontos e negócios firmados a 14,49 centavos de dólar por libra-peso.

Na bolsa de Londres, no lote março/15, o açúcar foi comercializado a US$ 371,80 a tonelada, baixa de 11,60 dólares. No vencimento maio/15, a desvalorização foi ainda maior: de 12,60 dólares.

De acordo com os especialistas consultados pelo jornal Valor Econômico de hoje (3), o recuo das cotações é consequência das novas estimativas de oferta do produto. A consultoria Kingsman cortou sua estimativa para o déficit global de oferta de açúcar na safra 2014/2015 de 1,65 milhão de toneladas para 122 mil toneladas, diante de uma produção maior do que calculado anteriormente.

Porém, a previsão para a safra 2015/2016 é mais pessimista, de déficit de 5,25 milhões de toneladas. Para a safra atual, outros traders preveem uma oferta ainda mais confortável, com a possibilidade inclusive de superávit de oferta.

Mercado interno

No mercado interno, o preço da commodity caiu ontem 0,86%. Segundo índices do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), da USP, a saca de 50 quilos do tipo cristal foi cotada a R$ 50,56.

Etanol

Já os preços do etanol hidratado se mantiveram valorizados. De acordo com os índices da Esalq/BVMF, o biocombustível foi comercializado a R$ 1.352,50 o metro cúbico e alta de 0,71% no comparativo com a véspera.

Fonte: Udop

Faça um comentário
Imprimir

Avaliar

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Resultado da Avaliação:

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
0

Deixe o seu comentário:

Indique a um amigo: